28/04/2017 08:19:16 Município festeja 60 anos da Concha Acústica com programação cultural

Fonte: Prefeitura de Londrina

Na próxima segunda-feira, 1º de maio, a cidade de Londrina estará comemorando 60 anos da inauguração do monumento Concha Acústica, que fica na Praça Primeiro de Maio, próximo ao bosque central. Para celebrar a data, a Prefeitura de Londrina, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, irá realizar um evento que vai reunir diversas atividades culturais, para todas as idades, das 17 às 20h30.

O secretário municipal de Cultura, Caio Julio Cesaro, ressaltou que a Concha Acústica é um patrimônio da cidade, que precisa ser preservado e valorizado. Ele explicou ainda que embora as comemorações dos 60 anos aconteçam no dia 1º de maio, a intenção da secretaria é realizar outras atividades ao longo do ano, no local que é palco histórico de eventos culturais e de manifestações sociais e políticas.

Durante o evento, serão realizadas diversas apresentações com duração média de 40 minutos. Às 17h30 a Escola de Circo fará apresentações com malabares, acrobacias, palhaços e equilíbrios. Participam cerca de 20 pessoas da escola. Depois, às 18h30, está programada a Batalha na Concha (WMC), com um duelo de mcs que abordará a comemoração dos 60 anos do equipamento cultural.

A partir das 19h30 haverá uma apresentação da Escola Municipal de Dança, que levará números de dança contemporânea e ballet clássico. O encerramento das festividades ficará por conta do Ballet de Londrina, que apresentará um fragmento do espetáculo Sem Eira, Nem Beira. As duas apresentações terão duração média de uma hora.

O evento contará ainda com a parceria da Secretaria Municipal do Ambiente (Sema), que levará a Biblioteca Móvel Ambiental para ficar à disposição do público durante todo o evento. A população terá acesso ao ônibus equipado com aparato de vídeo e acervo de livros, revistas, gibis, jogos e outros materiais informativos voltados às práticas de preservação do meio ambiente.

Sobre o monumento - A Concha Acústica foi construída na administração do prefeito Antônio Fernandes Sobrinho, que tinha visto uma similar no estado do Espírito Santo. O monumento foi construído como uma variação do tradicional coreto existente na época, em quase todas as cidades.

A Concha Acústica foi projetada pelo arquiteto Henrique Mindlin e o engenheiro José Augusto Queiroz executou algumas modificações como tamanho, textura e bancos. A Concha Acústica foi inaugurada no dia  1º de maio de 1957 com grande festa. Na década de 60 ela foi tradicionalmente utilizada para encontros dos finais de semana e apresentações artísticas. Até hoje o local é palco de manifestações populares, artísticas e políticas.