15/09/2014 00:00:00 Para combater cortadeiras, voluntários depositam inseticida em formigueiros

Fonte: Folha de Londrina

Mais de 40 quilos de isca formicida foram depositados em cerca de 100 formigueiros durante uma ação voluntária para combater o ataque e o desequilíbrio ambiental provocado pelas formigas cortadeiras em Londrina. O grupo de aproximadamente 50 pessoas percorreu, na tarde do último sábado (13), o entorno do Lago Igapó 2. A área dos lagos 1 e 3 deve ser visitada nas próximas semanas. “Fizemos a orientação da população e o controle das formigas no Lago 2”, informou o engenheiro agrônomo Pedro Francio Filho, da Unisafe Consultoria.

A ação é necessária, segundo Francio, porque há uma superpopulação de formigas cortadeiras, o que prejudica a arborização da cidade. “Aqui era um grande perobal, floresta de Mata Atlântica, e nós ocupamos o lugar delas. A ocupação humana fez com que desaparecessem os inimigos naturais”, explicou o engenheiro. Agora, para controlar as formigas, o grupo deposita a chamada isca formicida ao lado do olheiro, que é por onde os insetos entram no formigueiro.

Na isca formicida há uma espécie de inseticida, além de um atrativo que faz com que as formigas carreguem o dispositivo para dentro do formigueiro. Com o controle, a expectativa do engenheiro agrônomo é que as árvores floresçam mais no próximo verão. De acordo com ele, todos os formicidas foram doados por duas indústrias.

Amigo do engenheiro, o empresário Andrew Yamaue foi um dos voluntários na ação. “O Pedro conseguiu umas parcerias e a gente ajuda com a mão de obra.” Junto com o grupo, ele percorreu todo o entorno do Lago 2. “Não imaginava que era tanto [formigueiro]. Já andei várias vezes no lago, mas nunca reparei.”