04/09/2019 18:04:37 Presidente convida governador para o Lidere 2019 e faz reivindicações ao secretariado

Fonte: Assessoria ACIL

O governador Ratinho Junior confirmou na última terça-feira (2) sua presença no Lidere 2019, encontro empresarial que chega à terceira edição em outubro. Ele recebeu o convite pessoalmente do presidente da ACIL Fernando Moraes, que estava acompanhado do superintendente Rodrigo Geara. “O governador se mostrou muito entusiasmado com a possibilidade de estar ao lado do empresariado da região neste evento tão aguardado e elogiou todo o esforço da ACIL em colocar Londrina no mapa dos grandes encontros empresariais do País”, afirmou Moraes. O deputado estadual Thiago Amaral e o presidente da Compagas, Rafael Lamastra Junior, participaram do encontro.

A agenda em Curitiba também foi proveitosa para a defesa de duas bandeiras da ACIL. A revogação da Lei Zucchi , em vigor desde 2007 e que criou um polo tecnológico no Sudoeste com base em incentivos fiscais, foi tratada com o diretor de Assuntos Econômico-Tributários da Secretaria da Fazenda. Carlos Emil Kahali.

“Ficamos bastante otimistas. O governo está entendendo que este tipo de legislação prejudica a competitividade de outros polos do segmento, como Londrina. É uma injustiça tributária que provoca um desequilíbrio nos investimentos”, afirmou. “Talvez estejamos próximo da revogação, o que será uma grande notícia para todo nosso ecossistema de inovação”.

Empreendedorismo no currículo

Outro encontro importante na capital foi com o secretário estadual de Educação, Renato Feder. Ao lado de uma comitiva do Sebrae, o presidente Fernando Moraes, apresentou a experiência dos Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP),  adotado na rede municipal desde 2016. Desde então, cerca de 30 mil crianças dos cinco primeiros anos do ensino fundamental contam nas aulas com material didático produzido pelo Sebrae, previamente ministrado em treinamento aos professores, além participarem de feiras anuais sobre o tema. A expectativa é que os alunos do Ensino Fundamental II (do 6º ao 9º anos) da rede estadual também recebam um conteúdo similar. “Há, inclusive, uma sinalização para que a experiência-piloto deste projeto na rede estadual seja realizado em Londrina”.