04/12/2014 00:00:00 Richa anuncia Francischini na Segurança e mais quatro secretários


O governador Beto Richa (PSDB) confirmou na tarde desta quarta-feira (3) os cinco primeiros nomes do seu secretariado para o próximo mandato. Richa manterá três nomes de seu atual mandato: Norberto Ortigara fica na Agricultura; Michelle Caputo, na Saúde; e Paulino Viapiana, na Cultura.

As duas novidades anunciadas são Mauro Ricardo na Secretaria da Fazenda e o deputado federal Fernando Francischini, que será o titular da Segurança Pública.

A mudança mais radical é uma tentativa de solucionar os problemas de caixa do Executivo. Para comandar as finanças do estado, Richa “importou” Mauro Ricardo Costa, que hoje é secretário da Fazenda de Salvador (BA). Auditor da Receita Federal e ex-secretário da prefeitura e do governo de São Paulo, Costa aumentou as receitas de Salvador e é considerado fundamental na boa avaliação da gestão local. Procurado pela reportagem, ele não quis se pronunciar.

Se não havia dúvidas na Fazenda, a pasta da Segurança estava dividida entre os nomes de Francischini e da atual secretária da Justiça, Maria Tereza Uille Gomes. Nessa quarta, porém, ao tomar conhecimento de que Richa teria feito um convite oficial a Maria Tereza para assumir a Segurança, o deputado teria pressionado o governador: ou era nomeado para o posto ou se distanciaria do governo.

A favor de Francischini pesaram os acordos partidários feitos durante campanha eleitoral, em que Richa teria se comprometido a nomeá-lo secretário. Também teve influência a exigência do DEM para que o primeiro suplente Osmar Bertoldiassuma uma cadeira na Câmara dos Deputados no lugar de Francischini.