22/09/2014 00:00:00 Compra Londrina faz rodada de negócios na ACIL

Fonte: Assessoria ACIL

A ACIL sedia nesta terça-feira (23 de setembro), às 13:30h, a terceira rodada de negócios do Programa Compra Londrina. A ação tem por objetivo estimular a participação de empresas locais em licitações públicas. O programa é realizado numa parceria entre ACIL, Sebrae e Observatório de Gestão Pública de Londrina.


Segundo pesquisa do Sebrae, órgãos públicos da cidade gastam anualmente mais de R$ 100 milhões apenas na compra de oito produtos e serviços básicos, sendo que 70% são fornecidos por empresas de outras cidades e até de fora do Paraná. Tais recursos “batem asas e voam” para longe de Londrina.


Mas a boa notícia é que esse quadro está mudando. A cada nova edição do Programa Compra Londrina, empresas fornecedoras e órgãos compradores aderem em maior número ao programa. Em maio, a 2ª rodada de negócios teve a participação de 12 empresas públicas e 24 empresas fornecedoras. Agora, esse número saltou para 16 órgãos públicos e 28 empresas locais. Só a Prefeitura de Londrina, que gasta em média R$ 300 milhões com licitações anualmente, estará presente com sete secretarias, sem contar órgãos municipais como a CMTU e a Sercomtel, que também devem participar.


“A cada nova etapa, de maneira consistente, estamos criando uma cultura de participação do empresário local em licitações”, diz a analista de Negócios da ACIL e coordenadora do Compra Londrina, Valéria Furlan Sitta. O grande benefício do programa, segundo ela, é fomentar o desenvolvimento local e a competividade das empresas por meio da participação em licitações, pregões eletrônicos e outras modalidades de compras públicas definidas por lei. “Além de fazer com que mais recursos permaneçam na economia local, o Programa Compra Londrina estimula a ação coordenada e cooperativa da sociedade civil. Mais uma vez, as entidades estão de Mãos Unidas por Londrina”, afirma Valéria, citando o lema da nova gestão da ACIL.