14/07/2015 00:00:00 SPC Avisa, a proteção do seu nome

Fonte: Susan Naime - Revista Mercado em foco

Quem nunca passou por alguma tentativa de golpe de identidade? Se sua resposta foi ‘não’, considere-se uma pessoa de sorte. O roubo de dados pessoais para fazer compras, firmar negócios e obter financiamentos é uma das fraudes mais praticadas por criminosos. Para se ter ideia, as principais reclamações registradas pelo SPC/ACIL estão relacionadas à utilização indevida do CPF para abertura de empresas e negativações indevidas em casos de perda ou roubo dos documentos.

Para se proteger de armadilhas e garantir a segurança do seu maior bem – o seu nome, a ACIL apresenta um novo serviço que poderá ser um grande aliado. O SPC Avisa possibilita monitorar o CPF ou CNPJ 24 horas por dia e sete dias por semana. Assim que ocorrer qualquer movimentação ou consulta do documento, imediatamente o cliente é avisado por e-mail ou SMS.

Medidas de prevenção, como não informar dados pessoais e números de documentos para pessoas estranhas ou por telefone, evitar cadastros em sites que não sejam de confiança e cuidados com pesquisas e promoções nem sempre são suficientes para evitar o problema.

Segundo a gerente comercial da ACIL, Claudia Mota Pechin, sobram vantagens para se adquirir o SPC Avisa. “Através do SPC Avisa é possível monitorar qualquer inclusão, alteração ou exclusão de informações cadastrais (endereço e telefone), alerta de documentos, crédito concedido, consultas realizadas, informações SPC Brasil, pendências financeiras da Serasa Experian, cheque lojista, CCF (Banco Central do Brasil), protestos, participação societária, ações municipais, estaduais e federais.”


Quem pode usufruir?

O SPC Avisa pode ser utilizado por Pessoas Física e Jurídica, associados ou não da ACIL. O processo é bem simples. Se a empresa for associada, basta solicitar o serviço que a entidade irá proceder com o cadastramento dos dados e iniciar o monitoramento do documento. A cobrança do produto poderá ser feita através da fatura do associado. Já para a empresa que não é associada da ACIL, a adesão deve ser feita pelo representante legal da empresa através de documento comprobatório. O interessado vai até a entidade munido dos documentos de identificação (RG, CPF, CNH) e contrato social atual ou com as devidas alterações que declarem ser ele o responsável pela empresa. É obrigatório ter um endereço de e-mail para a adesão do serviço. Então é só escolher o plano que deseja adquirir e a entidade efetuará o cadastro.

“Se o contratante for Pessoa Física, o titular do CPF deve comparecer à ACIL e apresentar os documentos de identificação, o endereço de e-mail e escolher o tipo de plano que deseja utilizar para o monitoramento dos seus dados. Após a adesão é que a entidade deverá fazer a cobrança do serviço”, explica a gerente comercial.

Vale ressaltar que não é permitido o monitoramento de dados de terceiros. Tanto a Pessoa Física quanto a Pessoa Jurídica poderão monitorar somente o seu documento.


Combos

O cliente que adquirir o serviço poderá escolher entre duas formas de monitorar o seu documento. Se a opção for o SPC Avisa, o cliente monitorado receberá as informações sobre inclusão, alteração e exclusão de SPC, cheque lojista, alerta de documentos, consultas realizadas, crédito concedido, alterações de endereço e telefones (cadastro SPC Brasil). A ACIL também oferece o SPC Avisa Plus, onde é possível monitorar todas as informações citadas acima, além de ações, protestos, participações societárias, alterações de endereço e telefones (cadastro SPC Brasil).

Claudia Pechin informa que o SPC Avisa poderá ser adquirido através de quatro planos: mensal, trimestral, semestral ou anual. “O cliente terá o seu documento monitorado durante o período contratado a partir da data de adesão, podendo ser renovado automaticamente caso escolha essa opção no momento em que realizar o cadastro. Após o término do contrato, a ACIL e o cliente são avisados sobre o fim do plano.”

– Mais informações sobre o SPC Avisa podem ser obtidas pelo fone (43) 3374-3000 ou na Rua Minas Gerais, 297, 1º andar.