15/10/2014 00:00:00 Usuários de smartphones exigem estratégia de marketing digital específica

Fonte: Assessoria ACIL


No segundo dia da III da Semana do Empreendedor Digital, promovida pela ACIL em parceria com o Sebrae, Felipe Ozório, gerente de Parecerias Estratégicas da Google, enfatizou que as empresas que estão na Internet crescem duas vezes mais que as companhias com atuação restrita ao offline e apontou estratégias para pequenas e médias empresas estarem online, serem encontradas facilmente e sobretudo estarem entre as preferidas do usuário.


A necessidade de uma presença online fica ainda mais evidente quando se observa que o Brasil tem a quinta maior audiência da Internet no mundo e a segunda maior do Youtube. O País já tem 107 milhões de usuários da Internet e 36% das casas conta com serviço de banda larga.


Felipe Ozório não acredita em diminuição da importância da publicidade offline como outdoors, rádio e TV. A publicidade online completa o cliclo de marketing e comunicação gerado pela propaganda offline, “as mídias offline geram estímulo e o consumidor vai buscar mais informação na Web antes de realizar a compra”, alerta o gerente de Parecerias Estratégicas.


A presença online é condição imprescindível para o sucesso do negócio. O empresário deve adequar a linguagem usada para falar com os clientes nas diferentes plataformas. 40% das buscas dos brasileiros no Google já são realizadas a partir de dispositivos móveis como tablets e smartphones. As empresas precisam criar estratégias específicas para os usuários dos mobiles. O primeiro passo é ter um site que se adequa à tela do telefone e permite a fácil visualização das informações tanto no computador como no celular.


O empresário também precisa perceber que a resposta aos estímulos do usuário do dispositivo móvel é mais imediata. “O contexto do celular é diferente. Você está na rua e precisa de uma informação. A chance de você tomar uma ação em decorrência daquela busca é muito maior”, explica Felipe Ozório.


Ainda nesta manhã, os participantes da Semana do Empreendedor Digital ouviram Luiz Tardelli da SEO Master, que falou sobre os motores de busca da Internet e das melhores estratégias de posicionamento quando o objetivo é a venda.


Nesta tarde será realizada uma oficina gratuita cujo foco são as Redes Sociais. A consultora Sheila Dal-Ry Issa aponta as formas de exploração das redes mais utilizadas como Facebook e Instagram, e o caminho para gerar conteúdo que aumenta engajamento – curtidas, comentários e compartilhamento – do público-alvo.


Amanhã a SED recebe Renato Meirelles, presidente do Instituto Data Popular. O palestrante vai dar um panorama dos desejos da classe média e dos caminhos para se conectar pela Web com a classe que consome R$ 1,24 trilhão por ano. A partir das 14h será realizada uma rodada de negócios com a participação de empresários que atuam na inserção de empresas offline no universo online. Participarão da rodada desenvolvedores de aplicativos e de plataformas de e-commerce, produtores de fotos para comércio online e agências de propaganda especializadas em publicidade digital.



AGENDA

16/10 – QUINTA-FEIRA

8:30h – Empreendedorismo digital – Novas formas de vender

João Kepler, da Anjos do Brasil, mostra como o universo digital reduziu os custos de uma publicidade que pode atingir milhões de pessoas e orienta na operação adequada das ferramentas digitais para fazer o Marketing de qualquer negócio. Ele explica como otimizar os recursos, viralizar conteúdo e converter de forma assertiva toda aparição na rede em venda.

10:30h – Oportunidades de negócios – Os novos consumidores brasileiros

Renato Meirelles, presidente do Instituto Data Popular, fala dos desejos e do comportamento do consumidor da classe C. A palestra vai apontar as melhores formas de se conectar pela Web com a classe média que, no Brasil, movimenta R$ 1,24 trilhão por ano.

14:00 h – Rodada de negócios

Encontro dos empresários interessados em ampliar operação offline para o online com empresas especializadas em serviços do Marketing Digital.